Blog
Principais dúvidas sobre certificado digital respondidas
Blog

Principais dúvidas sobre certificado digital respondidas

Principais dúvidas sobre certificado digital respondidas
29
de
November
de
2023
Certificado Digital

Ainda há muitas questões sobre o certificado digital. As mais comuns são básicas, mas essenciais de estarem claras para clientes e parceiros das certificadoras. Veja! 

O certificado digital é relativamente novo. Ele surgiu em 2001 e suas normas sofreram mudanças com o tempo. Por isso, é muito comum ter dúvidas sobre esse recurso. A equipe de costumer sucess (CS) da Certifica responde a questões fundamentais todos os dias sobre o certificado. 

Este artigo mostra quais são as principais dúvidas, e a equipe nos ajudou a respondê-las. 

O que é certificado digital?

Uma das dúvidas mais comuns é do que se trata. Embora pareça uma questão básica, é extremamente relevante, pois a definição sobre o recurso vai além do que se pensa. 

Um certificado digital é um documento eletrônico que contém informações sobre a identidade de uma pessoa, empresa ou dispositivo. Garantir a integridade das informações transmitidas e estabelecer uma comunicação segura pela internet é um dos principais papéis da ferramenta.

Os certificados digitais são compostos por uma chave pública e uma chave privada. A chave pública é utilizada para criptografar informações e verificar a autenticidade do certificado. Já a privada é mantida em sigilo, usada pelo titular para descriptografar informações e assinar digitalmente documentos.

Quais os tipos de certificado e suas diferenças?

Depois de entender o que é certificado digital, é preciso saber quais os tipos de certificados para escolher o mais adequado para você ou sua empresa. Vamos destacar os dois mais usados. 

e-CPF

O certificado e-CPF (e-Cadastro de Pessoa Física) é um tipo de certificado digital ICP-Brasil utilizado por pessoas físicas para realizar transações e assinaturas eletrônicas com validade jurídica. 

É utilizado principalmente para acessar serviços on-line oferecidos pelo governo, como consulta de informações fiscais, envio de declarações, acesso a processos judiciais eletrônicos, entre outros. O e-CPF é uma forma segura de identificação digital para pessoas físicas.

Certificado e-CNPJ

O certificado e-CNPJ (e-Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) é um tipo de certificado digital ICP-Brasil utilizado por pessoas jurídicas para realizar transações e assinaturas eletrônicas com validade jurídica. 

Modelos de certificado

A1

O certificado A1 é um modelo utilizado para autenticar e assinar documentos eletrônicos. É armazenado em formato de arquivo, geralmente com extensão .pfx, e pode ser instalado em diferentes dispositivos, como computadores. 

O certificado A1 tem validade de um ano e é protegido por uma senha, que deve ser digitada toda vez que o certificado for utilizado.

A3

É armazenado em um dispositivo físico, como um cartão inteligente (smartcard) ou um token USB. O certificado A3 pode ter uma validade maior, de um a três anos, e é protegido por uma senha de acesso. Para utilizar, é necessário conectá-lo ao computador ou ao dispositivo móvel.

Diferenças entre certificados A1 e A3

A principal diferença entre o certificado A1 e o certificado A3 está relacionada ao armazenamento e à proteção do certificado. Enquanto o A1 é armazenado em formato de arquivo e protegido por uma senha digitada no momento de uso, o A3 é armazenado em um dispositivo físico e protegido por uma senha de acesso. 

O A3 é considerado ainda mais seguro por ter as informações armazenadas em um dispositivo e não no computador. 

Ambos os tipos de certificado têm validade jurídica e podem ser utilizados para realizar transações e assinaturas eletrônicas com segurança. A escolha entre o certificado A1 e o certificado A3 depende das necessidades e preferências do usuário.

Quais as utilidades de um certificado?

Essa também é uma dúvida que deve ser até antecipada pela equipe de atendimento, pois a maioria das pessoas não sabe todo potencial do certificado, o que pode tornar o documento subutilizado. 

A lista é extensa: 

  • Autenticação em serviços on-line, como internet banking e sistemas de governo eletrônico.
  • Assinatura digital de documentos eletrônicos, conferindo validade jurídica.
  • Realização de transações eletrônicas seguras, como compras on-line e pagamentos.
  • Acesso a sistemas de segurança, como VPNs (Virtual Private Networks) e servidores protegidos.
  • Envio seguro de e-mails criptografados.
  • Acesso a sistemas de armazenamento em nuvem, garantindo a segurança dos dados.
  • Assinatura de contratos e documentos em plataformas digitais.
  • Participação em leilões eletrônicos.
  • Emissão de notas fiscais eletrônicas.
  • Acesso a sistemas de saúde on-line, como prontuários eletrônicos.
  • Acesso a serviços de certificação digital, como validação de documentos e consultas de autenticidade.

Como realizar a emissão certificados?

Há várias formas de emitir certificados digitais. Em alguns casos, é possível realizar todo procedimento on-line. 

Emissão presencial

Basta escolher a empresa que irá emitir o certificado, reunir a documentação e agendar a emissão no local. O restante do passo a passo fica em função dos agentes de registro.. 

Emissão on-line

É preciso ter emitido um certificado do tipo A3 anteriormente para realizar a emissão on-line. Para quem deseja emitir o e-CNPJ, o A3 precisa ter sido para pessoa jurídica, ou ter o A3 de pessoa física representante legal da empresa. Aqueles que precisam de um novo e-CPF, o pré-requisito é relacionado ao certificado A3 para pessoa física. 

Emissão por videoconferência

Ter uma carteira nacional de habilitação (CNH) é suficiente para emitir seu certificado por videoconferência. Isso porque a biometria fica cadastrada em um banco de dados disponível para as certificadoras. 

Também pode emitir certificados por videoconferência aqueles que já fizeram um certificado alguma vez, coletando suas biometrias, independentemente do tipo do certificado (A1 ou A3).

Como instalar os certificados digitais?

Por fim, também há dúvidas sobre como instalar os certificados. A Certifica fornece manuais e conta com uma equipe instruída a auxiliar o cliente. Vamos deixar o passo a passo aqui para vocês. 


A1

1. Adquira o certificado digital A1 de uma autoridade de certificação confiável.

2. Faça o download do arquivo do certificado digital A1 no formato PFX ou P12.

3. No seu sistema operacional, localize o arquivo do certificado digital baixado.

4. Dê um duplo clique no arquivo para abrir o assistente de importação de certificados.

5. Siga as instruções do assistente para importar o certificado digital A1.

6. Durante o processo de importação, você será solicitado a fornecer a senha do certificado, caso tenha sido configurada uma.

7. Após a conclusão da importação, o certificado digital A1 estará instalado no seu sistema e pronto para ser utilizado.

A3

1. Adquira o certificado digital A3 de uma autoridade de certificação confiável.

2. Conecte o dispositivo criptográfico (cartão ou token) no qual o certificado digital A3 será armazenado.

3. Instale os drivers do dispositivo criptográfico, se necessário, seguindo as instruções do fabricante.

4. Abra o software de gerenciamento do dispositivo criptográfico.

5. Siga as instruções do software para realizar a importação do certificado digital A3 para o dispositivo.

6. Durante o processo de importação, você será solicitado a fornecer a senha do certificado, caso tenha sido configurada uma.

7. Após a conclusão da importação, o certificado digital A3 estará instalado no dispositivo criptográfico e pronto para ser utilizado.

Tem mais dúvidas sobre certificado digital?

Nossa equipe tem diversos materiais e uma equipe disponível para que todo processo de utilização da ferramenta seja realizado com tranquilidade. Torne-se nosso cliente e aproveite todo potencial dos certificados digitais!

Saiba tudo sobre certificação!

Assine nossa newsletter e receba todas as novidades sobre certificado digital e sobre o mercado.